7 enfermedades comunes en canarios durante la muda: Cómo prevenirlas y actuar

7 doenças comuns em canários durante a muda: como evitá-las e agir

Durante a muda, o organismo do canário concentra-se no desenvolvimento de novas penas, o que exige uma quantidade significativa de energia e nutrientes. Esta prioridade biológica pode enfraquecer as suas defesas naturais , deixando-os expostos a uma série de ameaças e doenças que normalmente seriam capazes de suportar. As doenças mais comuns nos canários podem produzir alterações no seu metabolismo e a redistribuição de recursos para o crescimento das penas pode afetar a capacidade do sistema imunitário de responder eficazmente a agentes patogénicos e externos.

Doenças em canários durante a muda

1.- Hipovitaminose e hipervitaminose em canários: o papel da nutrição

hipervitaminosis en canariosDurante a muda, os canários necessitam de uma dieta particularmente equilibrada e rica em nutrientes para satisfazer as suas necessidades metabólicas neste período crítico. Hipovitaminose em aves, uma deficiência de vitaminas essenciais, e hipervitaminose, um excesso de vitaminas, são dois extremos que podem afetar a saúde de suas aves . Para prevenir estas condições, é essencial fornecer uma dieta variada e completa que inclua uma mistura adequada de sementes, frutas, vegetais e suplementos se necessário. Algumas vitaminas essenciais para a saúde dos canários durante a muda são a vitamina A para a saúde da pele e das penas, e a vitamina E para fortalecer o sistema imunológico.

2.- Bicar canários: entendendo e gerenciando o comportamento

Bicar, a ação de piarrancar e arrancar penas, pode ser uma resposta ao estresse , tédio ou até falta de nutrientes. Durante a muda, as aves podem sentir uma vontade maior de bicar devido ao desconforto de criar novas penas. Uma maneira de evitar bicadas é manter os canários ocupados e distraídos. Fornecer brinquedos, cordas de escalada e objetos para explorar pode ajudar a manter a mente e o corpo ocupados, reduzindo a chance de comportamentos autodestrutivos.

3.- Cistos Foliculares em Canários: Causas e Soluções

quistes foliculares enfermedades en canariosOs cistos foliculares podem ser um problema durante a muda dos canários e estão ligados a uma variedade de fatores, como genética, choques, lesões ou falta de umidade. Para evitá-los, é essencial proporcionar um ambiente limpo e manter os canários longe de situações que possam causar lesões ou estresse. Além disso, o uso de poleiros apropriados e uma dieta balanceada podem ajudar a prevenir a formação de cistos foliculares em canários.

4.- Carecas na plumagem dos canários: Causas e Prevenção

As manchas calvas na plumagem das aves podem ser resultado de diversas causas, como parasitas externos, problemas de alimentação, estresse ou falta de higiene no aviário . Manter uma boa ventilação e limpeza no ambiente das aves, evitar a superlotação nas gaiolas e proporcionar uma alimentação balanceada são medidas essenciais para prevenir a calvície.

5.- Doenças Coccidiose e Tricomoníase em Canários: Enfrentando Infecções

enfermedades en canarios tricomoniasisDurante a muda, as aves podem ser mais suscetíveis a infecções como coccidiose e tricomoníase. A coccidiose, causada por parasitas intestinais, é prevenida mantendo uma higiene rigorosa no aviário e desparasitando as aves internamente. A tricomoníase, causada por parasitas que afetam principalmente os olhos, pode ser prevenida com higiene adequada, controle da superpopulação e desparasitação.

6.- Doenças Fúngicas em Canários: Evitando Ambientes Propícios

O calor e a umidade durante muda podem favorecer a proliferação de fungos. Evite alimentar alimentos frescos e úmidos durante os dias quentes e certifique-se de remover os restos de comida a tempo. Além disso, forneça boa ventilação no aviário para reduzir a umidade.

7.- Ácaros, piolhos e varíola aviária: ameaças a saber

Ácaros e piolhos são parasitas comuns que podem se multiplicar rapidamente em ambientes quentes e úmidos. Mantenha uma boa limpeza no aviário, controle a superpopulação e desparasite suas aves externamente para evitar sua propagação. A varíola aviária é uma doença altamente contagiosa que requer medidas preventivas rigorosas, como manter uma higiene meticulosa e evitar o contato com aves doentes.

Concluindo, a muda é um momento crucial na vida dos canários que requer cuidados e atenção adicionais. Ao fornecer nutrição adequada, manter um ambiente limpo e proporcionar entretenimento, você pode ajudar a prevenir muitas das doenças comuns que afetam os canários durante este período. É sempre aconselhável consultar um veterinário especializado em aves caso apresente algum sintoma ou problema de saúde.

Voltar para o blogue

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários necessitam de ser aprovados antes de serem publicados.